Exercícios de Raciocínio Lógico, Resolvidos

Aprenda a resolver exercícios de raciocínio lógico com as questões abaixo. Treine o seu raciocínio para fazer bonito na prova. Não esqueça de olhar as respostas somente após tentar responder cada questão.



1) Indique quais das sentenças são fechadas ou abertas:

a) 2 + 8 = 10

b) 3 + y = 3

c) 9 – 1 < 10

d) 4x + 8 = 32

a) Fechada.

b) Aberta, a variável y pode receber muitos valores.

c) Fechada.

d) Aberta, podemos atribuir valores a x.


2) Considerem-se as sentenças:

P: Há nuvens hoje

Q: Nublado

R: Choverá

Transcreva as sentenças a seguir:

a) P → Q

b) P ↔ Q

c) P → (Q ∨ R)

d) (P → R) ∧ Q

e) ¬P ∧ ¬R

a) Se há nuvens, então estará nublado.

b) Há nuvens se e somente se estiver nublado

c) Se há nuvens, então estará nublado ou choverá

d) Se há nuvens, choverá; e estará nublado

e) Não haverá nuvens hoje e não choverá



3) Todo cachorro é um animal, logo:

a) Todo rabo de animal é também rabo de cachorro.

b) Todo animal é um cachorro.

c) Nem todo cachorro é um animal.

d) Toda pata de cachorro é uma pata de um animal.

e) Nenhum cachorro é um animal.

Resposta D.


4) Se toda criança é jovem e nenhum jovem é feio, então podemos concluir que:

a) Toda criança é feia

b) Nenhum jovem é criança

c) Nenhuma criança é feia

d) Todo feio é jovem

e) Todo jovem é criança

Temos duas premissas para analisarmos:

Premissa maior: Toda criança é jovem.

Premissa menor: Nenhum jovem é feio.

Todo na primeira premissa é um quantificador universal afirmativo, enquanto que na segunda premissa o nenhum é um quantificador universal negativo.

O quantificador universal afirmativo Todo é mais forte que o negativo. Então, temos que:

Toda criança é jovem

Nenhum jovem é feio

———————————–

Portanto, nenhuma criança é feia.



5) Considere as proposições a seguir:

P: João é engenheiro

Q: Ana Luíza é paulista

A proposição “João é engenheiro e Ana Luíza não é paulista” pode ser representada por:

a) P ∧ ¬Q

b) Q ∧ ¬ P

c) ¬P ∧ Q

d) ¬Q ∧ P

e) P ∧ Q

Resposta A.


Encontrou algum erro? Avise-nos clicando aqui

Authorby Jean Carlos Novaes